Paróquia Cristo Rei

Movimento de Cursilhos de Cristandade

MCC

O Cursilho (também conhecido como Movimento de Cursilhos de Cristandade) é um movimento eclesial de evangelização cristã, surgido na Igreja Católica Apostólica Romana, no seio da Ação Católica Espanhola do início do século XX. Nos dias atuais, o movimento foi adaptado e se expandiu para outras denominações, sendo realizado também por diversas igrejas de confissão protestante, no mundo todo.

O Cursilho destaca-se por ser um Movimento eclesial voltado a um primeiro anúncio explícito do ideal evangélico apresentado por Jesus Cristo (kerigma), com o propósito de despertar novas lideranças – preferencialmente, cristãos batizados que estejam afastados da Igreja -, a fim de que se tornem evangelizadoras de suas realidades particulares (denominadas “ambientes”).

O chamado carisma da organização, assim, volta-se ao alcunhado propósito de “Evangelização de Ambientes”.

Esse anúncio é feito por meio de palestras, proferidas por pessoas que já passaram pela experiência do retiro – equipe de “responsáveis”, formada em geral, por cristãos de caráter Leigo (Cristianismo) -, apresentadas às pessoas que estão participando do encontro pela primeira vez.

O Cursilho utiliza-se, em sua estrutura, do Método VER-DISCERNIR-AGIR,

Por esse mecanismo, propõe-se uma análise conjuntural da realidade em que se insere o cursilhista (VER), posta à luz dos critérios de valores do Reino de Deus (DISCERNIR), a fim de que se direcione à assunção de um compromisso (AGIR), voltado à mudança do paradigma potencialmente negativo.

Toda a dinâmica de acontecimentos dos fatos, contudo, é reservada à experiência do CUR, cujo conteúdo deve ser mantido em “sigilo” por seus participantes.

O mecanismo característico de proclamação da mensagem do Movimento surgiu a partir do seu cunho vivencial, testemunhal, simples, honesto e transparente, ainda que o entusiasmo daí resultante pudesse tocar, de preferência, na emotividade das pessoas – o que não deixava de ser sumamente oportuno. Aos poucos, amoldou-se à tônica querigmático-vivencial, prevalecente até os dias de hoje.

Olá, podemos te ajudar?