Paróquia Cristo Rei

1997

Nossa Senhora Aparecida

No início de 1992, chegaram os moradores para serem assentados neste local. Eram das famílias: Nunes dos Santos, Mulinari, Benso, Weber, Flores, Loemblein, Freitas, Stauber, Fernandes, Silva, Vargas, Adams, Flores Aguiar, Lemes, Oliveira, Senh, Santos e outros. O nome é Assentamento Libertação Camponesa, que significa liberdade para o camponês.

Nossa Senhora Aparecida foi escolhida como padroeira pela comunidade num processo de votação. A data da fundação da comunidade é 17 de março de 1998, já existindo um espaço construído, então não foi necessário construir uma igreja.

Muitas lutas e dificuldades foram enfrentadas, principalmente pelo povo da cidade que não aceitavam este movimento, junto veio muito preconceito. Mas barreiras foram vencidas, e os padres nunca deixaram de atender o povo que lá reside. Nos dias de hoje, todos residindo em suas próprias casas, cultivando e ensinando os valores familiares e comunitários. Um povo que veio da luta e mostrou que um novo possível é possível.

Uma comunidade unida, uma Igreja sempre limpa e organizada, onde também acontecem as missas mensais e as festas anuais da comunidade, tudo dirigido pelos próprios membros da comunidade. Em 2021 a Igreja recebeu algumas reformas, foi arrancado o chão de madeira e colocado um piso novo, também recebeu pintura externa, telhado avaliado e reformado. As missas são sempre preparadas pelas catequistas e outros membros da liturgia.

Atualmente o conselho da comunidade é formado assim: Coordenador, Alcides Aires. Vice, Zé da Gaita. Secretário Álisson Aires, Vice Sônia Aires. Coordenador do CAE Selanir Mulinari. Tesoureira Roseli Lemes. Responsável pela catequese Rosa Cledi dos Santos, Liturgia Santina dos Santos, Sueli de Oliveira Benso e Taiza Mulinari.

Olá, podemos te ajudar?