Paróquia Cristo Rei

1914

Santa Ana

Em torno de 1914 vieram os primeiros moradores. Quadros, Trombini, Scherf, Dalavechia e Schneider, de Mello,

Hoje o nome da comunidade é Santa Ana, que é a Mãe de Maria e Avó de Jesus. No início havia uma capela e um pavilhão pequeno não muito longe da capela. A padroeira era Nossa Senhora Aparecida e o local então era conhecido por alguns como Ilha das Cobras. Mas na verdade era denominado como localidade de bom sucesso. Por volta de 1958, a maioria dos sócios decidiram mudar o local da capela para onde ela se encontra hoje. Alguns ficaram descontentes e não concordaram e não permitiram que a imagem de Nossa Senhora viesse para o novo local e por alguns anos houve duas capelas. Padre Juliano Noal deixou uma pequena capelinha onde hoje está o cemitério. Apenas para dizer que teria um lugar para as pessoas irem rezar. Após algum tempo houve o entendimento e as duas santas vieram para o novo local, porém, já havia uma nova Padroeira e esta permanece até hoje.

A moradora mais velha se chamava Ana Rohenkohlela havia feito uma promessa, e doava à Santa Ana em homenagem a seu nome.

 A primeira Igreja foi construída em 1938. A atual Igreja foi inaugurada em 1961. A celebração festiva da comunidade fica em torno do dia 1º de maio.

No ano de 2019 a comunidade trocou o soalho que era de madeira, por um lindo piso de porcelanato, muitas reformas foram feitas pelos atuais membros, pinturas, foro.

Mensalmente acontecem as missas, por ser uma comunidade pequena, mas cheia de vida e vigor. Igreja sempre cheia. Membros são participativos. E tem o maior zelo em poder cuidar da Igreja que receberam de seus antepassados.

Olá, podemos te ajudar?