Paróquia Cristo Rei

1926

São Miguel

A fundação da capela deu-se no ano de 1926 e seu fundador foi o Senhor Tobino Marconde. A primeira diretoria era constituída por Henrique Schwalbert, Antônio Coradin e Afonso Derich. A fundação deu-se pelo fato de estar muito distante de outras capelas e pelo considerável número de famílias, sendo que a maior dificuldade foi reunir e conscientizar o povo.

O padroeiro São Miguel, foi escolhido pelo fato de que antigamente, no local onde hoje se encontra a capela, havia uma fazenda chamada São Miguel donde surgiu o nome. A Imagem do santo foi doada por Dometilha Graeff, e as terras da capela foram doadas por Alberto Graeff. Para poder adquirir o sino, fez-se uma campanha entre a comunidade.

O primeiro salão teve suas obras dirigidas por Pedro Schwalbert e João Viau. Hoje, o atual salão teve como protagonistas Nelci Breancini, Artur Coradin, Nelson Henkes, Arcindo Sanini e Ivaldino Ballin. A primeira capela foi construída por Antônio Kern e o altar, bancos, foram feitos em Selbach. As alfaias foram compradas pela comunidade.

Os primeiros cantores da comunidade foram Jordão Fossatti, Alberto Coradin, João Fossatti e Desidério. O primeiro catequista da comunidade foi Emilio Favoret e o primeiro catequisando foi Artyr Gewehr.

Não se tem informações de quando começaram a fazer o cemitério. Foi construído e cercado, sendo que as plantas dos túmulos, também, foram feitas pela comunidade, sociedade. As terras do cemitério foram doadas pela mesma pessoa que doou as da Igreja.

A comunidade, desde a sua fundação, sempre se desenvolveu muito bem. Dificuldades sempre existiram.

Hoje tem um número de membros bem razoável, com boa participação e presença nas missas mensais. Igreja, salão e cemitério sempre bem organizado. Comunidade de Bom Sucesso tem fama de fazer festas bonitas. Missas festivas em honra ao padroeiro. Costuma chover nas épocas de festas, as tais famosas enchentes de São Miguel. 

Olá, podemos te ajudar?